FINAL PORTO ART FEST - ESCULTURA CONTEMPORÂNEA NOS JARDINS DO MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS 01/10-30/11

 ESCULTURA CONTEMPORÂNEA NOS JARDINS do MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS

Inauguração 1 de Outubro 2015, 18h

O Museu Nacional de Soares dos Reis, cujo patrono é um dos maiores escultores portugueses do Séc. XIX, recebe até 30 de Novembro de 2015 oito nomes relevantes da Escultura Portuguesa Contemporânea, como iniciativa final da Porto Art Fest.
A Cooperativa Árvore organiza uma Exposição de Escultura nos Jardins do Museu Nacional Soares dos Reis, que conta com a participação de João Antero, José Rodrigues, Moisés, Paulo Neves, Rui Matos, Vítor Ribeiro, Volker Schnüttgen e Zulmiro de Carvalho.
As esculturas apresentadas, de diferentes linguagens e materiais, surgem enquadradas no Jardim da Cerca, onde existiu o Velódromo Rainha D. Amélia e no qual estão expostas várias peças da colecção de Lapidária do Museu.
Trata-se de uma experiência singular de recepção das obras de arte, fora das paredes museológicas e sem o aparato da exposição tradicional, com o céu como pano de fundo.

“Henry Moore afirmava que o melhor fundo para uma escultura na paisagem era o céu porque este ‘contrasta uma forma sólida com o seu oposto. É assim que a escultura não tem competição, nem distracção vinda de outros objectos sólidos. Se eu tivesse que escolher um fundo para a escultura, escolheria sempre o céu.’” (S. SPENDER, s.d., apud L. CASTRO, 2014).

João Antero | José Rodrigues | Moisés | Paulo Neves | Rui Matos | Vítor Ribeiro | Volker Schnüttgen | Zulmiro de Carvalho