INSCRIÇÃO PARA A XXXIII EXPOSIÇÃO COLECTIVA DOS SÓCIOS DA ÁRVORE 09/05

XXXIII EXPOSIÇÃO COLECTIVA DOS SÓCIOS DA ÁRVORE
26 Julho a 31 de Agosto de 2019
Fundação Manuel António da Mota

Vimos convidar os sócios da Árvore - Cooperativa de Actividades Artísticas, CRL a participarem na XXXIII Exposição Colectiva dos Sócios, que se realiza pela segunda vez na Fundação Manuel António da Mota no Porto. Pretende-se com esta associação entre as duas instituições, Árvore – Cooperativa de Actividades Artísticas CRL., e Fundação Manuel António da Mota, manter e fortalecer os laços existentes numa relação que se tem regido por princípios e valores comuns sempre no sentido de promover o gosto e o interesse pela arte contemporânea e pela cultura.
A Fundação Manuel António da Mota, sediada no antigo Mercado Bom Sucesso, no Porto, é um espaço de excelência na promoção e divulgação das artes sendo pois um palco privilegiado para a apresentação da XXXIII Exposição Colectiva dos Sócios da Árvore.
Vimos assim mais uma vez solicitar a participação dos “Artistas da Árvore” com uma obra feita a pensar nesta exposição, de acordo com as orientações dadas no regulamento e, como de costume, pedimos também a sua comparticipação na execução do catálogo.
Criada em 1980, a Colectiva dos sócios tornou-se um dos eventos mais emblemáticos da Árvore, por onde já passaram inúmeros artistas, consagrados e emergentes, e incontáveis obras de arte nas suas mais variadas expressões. Apenas com o contributo dos nossos sócios participantes poderemos dar continuidade a esta importante acção cultural com 39 anos de existência, tornando-a numa autêntica Festa da Arte.

REGULAMENTO

XXXIII EXPOSIÇÃO COLECTIVA DOS SÓCIOS DA ÁRVORE

POR FAVOR LEIA ATENTAMENTE O REGULAMENTO PARA EVITAR ESCLARECIMENTOS POSTERIORES QUE PREJUDIQUEM O NOSSO BOM FUNCIONAMENTO

1. Podem participar todos os sócios com a situação regularizada (quotas pagas até Junho de 2019 e inscritos como sócios há mais de um ano).

2. Serão admitidos trabalhos em todas as expressões plásticas, pintura, escultura, fotografia, cerâmica, tapeçaria, desenho e obra gráfica, etc., desde que devidamente apresentados para a sua exposição.

3. Cada sócio poderá participar com 1 (um) trabalho de execução recente, datado de 2018/2019.
Os trabalhos deverão respeitar as seguintes dimensões:
Altura máxima 1,5 m | Comprimento máximo 1 m.
Os volumes poderão ter de base um Ø de 0,5 m.

4. Será fornecida a cada participante uma ficha de inscrição a ser entregue pessoalmente, enviadas pelo correio ou via e-mail para a seguinte morada electrónica: dep.rartisticas@arvorecoop.pt (É aconselhável confirmar a recepção da sua inscrição junto dos nosso Serviços).

5. Com a ficha de inscrição deverá ser entregue uma imagem digital com boa resolução, até ao dia 15 de Junho de 2019.
Não nos responsabilizamos pela qualidade da reprodução das imagens no catálogo se estas não forem de qualidade (resolução mínima 300dpi).
O período de inscrições para a XXXIII Exposição Colectiva dos Sócios da Árvore é de:
15 Maio a 15 de Junho de 2019.

6. Os trabalhos a expor serão recepcionados na Fundação Manuel António da Mota, Praça do Bom Sucesso, 74-90, piso 1, Porto, impreterivelmente, nos dias 22 e 23 de Julho de 2019 (das 09h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30). As obras devem estar devidamente acondicionadas e em condições de serem transportadas e expostas. Só se aceitam trabalhos rigorosamente embalados e acondicionados.

7.O formulado no ponto 5 e 6 é de cumprimento rigoroso. Não se aceitam excepções que ponham em causa a realização do catálogo em tempo útil e a montagem da exposição.

8. Por ocasião da exposição será editado um catálogo com a reprodução de um trabalho de cada artista, solicita-se que todos os sócios expositores participarem na despesa da sua execução com € 15,00 (a serem entregues na data da inscrição).

9. Os artistas participantes autorizarão, a título gratuito, os organizadores a reproduzir as suas obras para fins de promoção e divulgação no âmbito da exposição.

10. Durante a mostra, todas as obras estarão obrigatoriamente à venda, pelo valor indicado pelos participantes na respectiva ficha de inscrição. Do valor de venda será cobrada pela Árvore uma percentagem de 50%.

11. A Organização não se responsabiliza por obras de fragilidade evidente, entregues mal acondicionadas, bem como tudo que possa decorrer de actos de vandalismo, roubos e/ou situações imprevistas.

12. Todos os trabalhos expostos, à excepção dos vendidos, deverão ser levantados pelos participantes nos dias 2 a 4 de Setembro de 2019, das 9h30 às 18h00, na Fundação Manuel António da Mota, Praça do Bom Sucesso, 74-90, piso 1, Porto.

13. A Árvore não se responsabiliza pelas obras, depois de ultrapassado este prazo. Salvo contacto prévio por parte do autor, as obras não levantadas no prazo indicado serão consideradas abandonadas, podendo a Árvore dispor do seu destino como entender.

14. Qualquer assunto não especificado neste regulamento e que surja antes, durante e depois da exposição será resolvido pela Organização.