voltar

Blooming Skin Exposição de Pintura e Desenho de Evelina Oliveira no CAA – Centro de Artes de Águeda

de 26/10/2019 a 01/12/2019

“…And that same blue jay returns, or perhaps
It is another. All jays are one to me. But not the sun which seems at
Each rising new, as though in the night it enacted death and rebirth,
As flowers seem to. The roses this June will be different roses
Even though you cut an armful and come in saying, “Here are the roses,”
As though the same blooms had come back, white freaked with red
And heavily scented.”
James Schuyler, “Hymn to Life” from Collected Poems
Série de peças de pintura e desenho tendo como suporte, maioritariamente, madeira.
Projecto com origem na paisagem de Oliveira do Hospital e Seia depois dos incêndios de Outubro último.
Já passava por esta região com frequência. De tantas idas e vindas registaram-se nos meus sentidos as cores e ruídos próprios da natureza ao sabor das estações nestas regiões montanhosas.
Aves, cigarras e grilos, luzem espreitando por entre ventos que estremecem a folhagem alta e um ou outro latido dos cães das quintas lá em baixo no vale preenchem a paisagem esbatendo, algumas vezes, o vislumbre da luxuriante Floresta da serra.
Mas foi a visão da terra queimada, ainda fumegante ao longo das semanas pós incêndio, que me arrebatou.
Nunca tinha eu presenciado estes efeitos desastrosos: a terra preta a perder de vista riscada por linhas negras verticais dos cadáveres vegetais … árvores rasgadas mostrando a madeira vermelha do miolo, como carnes golpeadas…
E o silêncio….um silêncio absurdo.
A floresta fica muda, já não há grilos nem insecto algum…os cães morreram assim como as aves…apenas o vento lá no alto raspa as folhas causticadas que restam em algumas árvores.
Mas das cinzas tudo renasce e eis que ao fim de algumas semanas já brota algum verde e pequenas flores amarelas e brancas anseiam por raios de sol e chuva.
Nesta mostra pretendo esboçar, desenhar e pintar criando um hino à VIDA e à beleza do desabrochar resplandecente da pele vegetal e animal, da pele da Terra, húmus da vida.
A escolha do suporte madeira funciona como redundância do tema e o pastel, carvão e grafite usados como ferramentas de construção dos registos de memórias também remetem para a natureza das coisas da floresta – as vivas e as mortas.
Evelina Oliveira
2018
BIOGRAFIA
Evelina Oliveira
Vive e trabalha no Porto e em Lisboa.
Mestre em Ilustração Artística – Universidade de Évora.
Cursos, Workshops e Encontros que frequentou:
Curso de História da Arte – Árvore Cooperativa de Actividades Artísticas, Porto.Curso de Cerâmica – Formador João Carqueijeiro Árvore Cooperativa de Actividades Artísticas, Porto.
Curso de Litografia – Professor Dacos – Árvore Cooperativa de Actividades Artísticas, Porto.
Workshop de Ilustração na Universidade do Porto – formadora Manuela Bacelar.
Curso de História da Ilustração (CIEAM) – formador Pedro Moura – FBAUL.
Curso de Ilustração Digital (CIEAM) – formador Richard da Câmara – FBAUL.
CAA – Centro de Artes de Águeda
Sala Estúdio | Todos os Públicos | Entrada Livre
Exposição patente até ao dia 1 de Dezembro 2019.

 

Cooperativa Árvore © 2019. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade